+55 (31) 3561- 7071

Conheça Nossa Equipe

Saiba Mais

Em cada exame uma vida!

Saiba Mais

Qualidade que faz diferença

Saiba Mais
Após 30 anos de estudo, vacina contra febre reumática começa a ser testada em humanosVOLTAR

A febre reumática é uma doença autoimune causadora de problemas cardíacos que afeta, aproximadamente, 15 milhões de crianças por ano, no mundo. Mas, se depender de pesquisadores brasileiros do Laboratório de Imunologia do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina, da Universidade de São Paulo, estes pacientes estão prestes a ganhar uma aliada: a vacina contra a febre reumática.

A doença, que atinge pessoas de 5 a 18 anos, suscetíveis geneticamente a bactéria Streptococcus pyogenes, tem início após uma infecção de garganta. No começo, ela também pode causar dor nas articulações, que costuma ser aliviada com o tempo que, se não tratada podem ter como sequelas a doença reumática cardíaca (DRC).

Após 30 anos de estudos, com trabalhos iniciados em 1988, com o análise detalhada da febre reumática, suas causas e efeitos, e testes em roedores, a vacina começará a ser testada em humanos. Nas pessoas suscetíveis à bactéria, a infecção causa uma reação autoimune do organismo, onde o sistema imunológico, além de atacar o micro-organismo causador da doença, ataca também as células da própria pessoa, neste caso, a do coração. O objetivo da vacina é parar este processo autoimune causado pela doença.

A vacina, aprovada pela Comissão Nacional de Ética e Pesquisa (Conep), está em fase de registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), e terá seus testes em humanos iniciados após esta etapa.

Fonte: BBC Brasil

FOTOS