+55 (31) 3561- 7071

Conheça Nossa Equipe

Saiba Mais

Em cada exame uma vida!

Saiba Mais

Qualidade que faz diferença

Saiba Mais
Você conhece o seu colesterol como conhece sua senha de banco?VOLTAR

Você conhece o seu colesterol como conhece sua senha de banco?

O colesterol é essencial para o organismo e faz parte das membranas de todas as células. É utilizado na síntese de hormônios, forma os ácidos biliares, necessários para absorver os nutrientes dos alimentos entre outras importantes funções. O nosso corpo produz o colesterol, além de fazer a absorção diretamente dos alimentos que ingerimos. Por isso, é importante se atentar para nossa alimentação e monitorar para manter níveis normais de colesterol no nosso organismo.

Quando dosamos o colesterol e suas frações, estamos dosando o colesterol que é transportado na corrente sanguínea pelas proteínas (lipoproteínas). O excesso de colesterol no corpo, pode depositar nas artérias e levar à formação da aterosclerose, uma placa dura que pode se tornar instável e dar origem a um trombo. Nesses casos, o fluxo sanguíneo para o coração, cérebro e o restante do corpo pode ser interrompido ou reduzido. Dependendo do local da obstrução esta ação pode causar doenças como o infarto.

As pessoas precisam ser encorajadas a conhecer os seus níveis de lipídeos, especialmente o colesterol e o triglicérides, como conhecem as suas senhas bancárias. O conhecimento destes números e dos riscos cardiovasculares podem salvar vidas.

 

Prevenção é a palavra-chave para identificar e tratar melhor as pessoas em risco

Se o seu médico deseja saber se você tem algum risco de desenvolver uma doença cardíaca coronariana ele fará uma avaliação clínica para buscar as informações de seus antecedentes de saúde, história familiar, estilo de vida e alguns exames de sangue, especialmente o perfil lipídico.

A doença cardiovascular (DCV) é uma das principais causas de morte, podendo levar ao  infarto, acidente vascular cerebral (AVC), insuficiência renal, doença vascular e demência.

Juntamente com o nível elevado do colesterol, existem outras duas situações clinicas muito importantes que contribuem para a DCV: a fibrilação atrial, um tipo de arritmia cardíaca, e a hipertensão. Muitas vezes, essas situações não apresentam nenhuma manifestação, por isso, devem ser pesquisadas e cuidadas preventivamente.

 

Valores de referência do colesterol para indivíduos saudáveis:

Para adultos saudáveis acima de 20 anos deve ser menor que 190mg/dL.
Para crianças e adolescentes deve ser inferior a 170mg/dL.

 

Exame de colesterol e seu preparo

De acordo com o Consenso Brasileiro para a Normatização da Determinação Laboratorial do Perfil Lipídico, não há necessidade de jejum se o único exame a ser feito for colesterol. Entretanto, se fizer parte de um perfil lipídico, o que é mais comum, será anotado o estado de jejum (período entre a última refeição e o momento da coleta). Para pedidos com glicemia, o jejum máximo é de 14 horas.

Caso o seu médico prescreva o exame com jejum, então o laboratório seguirá a orientação fornecida. Neste caso, é permitida a ingestão de água.

 

Para entender melhor o exame do colesterol total e suas frações:

Após a coleta, o laboratório emitirá o laudo com valores de referência, na situação com jejum e sem jejum, para colesterol-LDL, colesterol não HDL e triglicérides, adequados à classificação do seu risco.

  • Colesterol total: este valor indica a quantidade total de colesterol no sangue, ou seja, a quantidade de colesterol HDL + LDL;
  • Colesterol HDL (o “bom” colesterol): Está ligado a uma proteína que o transporta do sangue para o fígado. Caso esteja em excesso, será eliminado do organismo.
  • Colesterol LDL (o colesterol “ruim”): Está ligado a uma proteína que o transporta do fígado para as células e veias, onde pode se acumular e causar problemas cardiovasculares. Pessoas diabéticas, sedentárias, com excesso de peso e outros fatores de risco como fumar ou beber álcool, têm um risco cardiovascular alto e, por isso, devem ter um LDL baixo.

Ao receber o laudo do laboratório, confira o valor desejável dação da fração de colesterol LDL, de acordo com o risco. Lembre-se que, quem avalia o risco é o seu médico, por isso converse sempre com ele!

Mantenha-se informado com nossas Dicas de Saúde no Instagram www.instagram.com/labsouzaassuncao e no Facebook, em www.facebook.com/labsouzaassuncao.

FOTOS